Fluxo geral da emissão (NFS-e)

Entenda como funciona o processamento da NFS-e dentro do eNotas Gateway.

Pontos principais:

  • O processo é realizado de forma assíncrona;
  • O retorno do município pode demorar de poucos segundos a vários minutos dependendo da estabilidade do município e seus provedores;
  • Caso o município esteja instável ou fora do ar, serão realizadas tentativas automáticas, com intervalos de tempo progressivos, até conseguirmos um retorno durante um período de no máximo 48 horas;
  • Quando a nota fiscal entra em um status final, o eNotas Gateway notifica seu sistema através de Webhooks.

Visão do fluxo:

633633

Passo 1 - Solicita emissão:

Solicite a emissão da nota fiscal, através de uma requisição de método POST na URL https://api.enotasgw.com.br/v1/empresas/empresaId/nfes;

Repita esse passo para cada nota fiscal a ser emitida. O eNotas Gateway gerenciará a fila e determinará a forma mais eficaz de emissão das notas naquele município.

🚧

Identificação:

Utilize o atributo "idExterno" (string) para informar uma identificação da nota no seu próprio sistema, para que consiga vincular e encontrar informações com muito mais facilidade.

O eNotas Gateway não permite o envio de mais de uma nota fiscal com o mesmo "idExterno", mesmo com a mudança de ambiente (Homologação, Produção).

Passo 2 - Processo interno de enfileiramento:

Procedimento interno do eNotas Gateway de enfileiramento das notas a serem transmitidas à prefeitura, onde são enviadas uma a uma.

Passo 3 - Retorno do Identificador da nota:

O eNotas Gateway retorna o identificador único interno (atributo "nfeId"), gerado especificamente para aquela nota fiscal, que não pode ser modificado ou excluído.

Recomendamos que sempre informe e utilize este atributo para operações com as notas ficais.

Passo 4 - Procedimento interno de envio ao município:

Procedimento interno do eNotas Gateway, para determinar a forma mais eficaz de emitir as notas fiscais no município em questão.

Passo 5 - Procedimento interno de consulta no município:

Procedimento interno do eNotas Gateway, onde é realizada uma consulta para determinar o status da nota fiscal.

Passo 5.1 - Procedimento interno de novas tentativas:

Procedimento interno do eNotas Gateway de novas tentativas automáticas, caso os sistemas do município estejam instáveis ou a nota fiscal ainda não tenha sido processada.

Passo 6 - Procedimento interno de retorno:

Procedimento interno do eNotas Gateway, que processa o retorno do status final de processamento da nota fiscal.

Passo 7 - Notificação via Webhook:

O eNotas Gateway notifica seu sistema via Webhook sempre que a nota fiscal sofre uma mudança para um status final de processamento.